domingo, 31 de agosto de 2014

RECICLANDO O MUNDO  





Nem sempre lixo é lixo,
Nem sempre jogar fora é o melhor negócio,
Lixo vira brinquedo,
Que vira presente,
Que vira diversão,
Lixo vira mesa, sem virar a mesa,
Lixo vira moda,
Vira mania,
Vira vontade de transformar o mundo,

VERA CELMS
Licença Creative Commons
RECICLANDO O MUNDO de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

domingo, 24 de agosto de 2014

BOI PINTADO





Difícil falar de todas as coisas,
Difícil contar o que sentimos,
Difícil entender o que nos contam,
Algumas pessoas só falam,
Outras só ouvem,
Nem sempre entendem,
Algumas pessoas escrevem,
Outras só leem,
Nem sempre entendem,
Algumas pessoas pintam,
Outras só olham,
Nem sempre entendem,
É triste falar de dor,
É complicado falar de amor,
Falamos de boi amarelo
Entendem que foi o Marcelo,
Pintando, todo mundo entende,
Afinal, pintado, boi amarelo é boi amarelo...
Mesmo que cada um ponha o boi em lugar diferente...

Vera Celms
Licença Creative Commons
BOI PINTADO de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

sábado, 23 de agosto de 2014

REFLEXÃO !!!

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

VALORIZEMOS NOSSOS PAIS, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS PARA SENTIR FALTA DELES !!!

MUSICAL

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

OBEDIÊNCIA

TEMPO DOS TEMPOS





Se um dia me dissessem
Que vinte anos depois,
Veria andando nas ruas,
Jovens de cabelo rosa ou verde,  
Com argolas no nariz,
Eu não acreditaria,
Me chamariam de louca, por um triz,

Durante esses vinte anos,
Aprendi a não duvidar de nada,

Vinte anos antes,
Eu não acreditaria
Que os cabeludos daquela época,
Seriam felizes carecas,
Com a cabeça raspada,
E a pele tatuada,

Em quarenta anos, tudo mudou,
Gente ruim melhorou,
Gente boa pirou,
O que era ruim, ficou perfeito,
E o que era perfeito ...

Ah!!! Nunca nada foi perfeito !
E na verdade, perfeito nada, nunca foi

Hoje tá tudo misturado
Careca, cabeludo e descabelado
Tem gente subindo em parede,
Não duvido, que mais vinte anos,
Tem gente pintando o cabelo de abobora ou roxo,
E o cabelo do peito, de verde...

É o tempo dos tempos...

Vera Celms
Licença Creative Commons
TEMPO DOS TEMPOS de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

domingo, 10 de agosto de 2014

DANÇA ILUSÓRIA

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Delícia!!!

FELICIDADE !!!

domingo, 3 de agosto de 2014

SABENDO USAR NÃO VAI FALTAR







Banho de piscina é bom,
De mangueira também é,
Também é gostoso lavar a calçada e o carro,
Brincar com água,
Com o patinho de borracha na banheira,
Mas melhor mesmo, é saber,
Que a água pode acabar,
Se não voltar logo a chover,
E precisa chover bastante,
Pra repor a água que gastamos,
Há lugares que chove muito, inundando tudo,
Em outros, a chuva falta,
Tempos de seca,
Garoas não resolvem,
Em alguns lugares, a água está escassa,
Então, fechamos as mangueiras,
Varremos as calçadas,
Brincamos com outras coisas,
Até voltar a chover bastante,
Por barata que seja a água, 
Ela pode acabar,
Então é preciso todo mundo cuidar,
Precisamos economizar,
Só para o muito necessário gastar,
Vamos todos ajudar o gasto de água vigiar...
Sabendo usar, não vai faltar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
SABENDO USAR NÃO VAI FALTAR de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional