domingo, 30 de junho de 2013

ESSE TAL DE INVERNO





Gosto desse tal de Inverno,
Que chegou em junho,  21,
Tanto quanto do Outono ou da Primavera
Cada qual fica 3 meses
É o tempo que o sol leva para dar a volta completa na Terra
No verão, o sol está sobre nós, bem perto,
Depois ele vai indo pra outros lugares,
E vai ficando menos perto de nós...
Por isso vai ficando menos quente...
Só não gosto tanto do Inverno, como gosto do Verão,
São dias mais nublados, tem solzinho, não solarão
Os dias friozinhos, os agasalhos,
A gente fica bonito
A gente fica quentinho
E brinca, e pula, e sua,
Todo mundo se esconde do vento
E corre fazendo vento,
Tem lugar que cai neve,
Aqui só faz frio...
Na natureza, tudo é alegria
Tudo é cor,
Tudo é sentido diferente,
Mas, tudo é genial !!!

Vera Celms

domingo, 16 de junho de 2013

CONÇEIO




Tô que num posso mais
Pru quê Çe num mi liga?
Deve Çe arguma intriga
Das marvada das amiga
Ou  memo de argum rapá
Tenho dois ano de estudo
E nem sô feia de tudo
Nem num ando mar vistida
Fiz um vistido marelo
Tudo cheio de risquinho
Dois chinelinho bunitinho carçei
Tudo cheio de risquinho
Pra te chamá astenção,
Ocê num tem coração
Çe é um homi marvado
Mais pior que Lampião
O vistido se estragô
Os chinelo se gastô,
E tu, diabo di homi
Nem me ligô,
Num faiz mar, eu vô sê frera
Nem que fô pra cuzinhera
Dicerto eu hei de prestá
Mais óia homi danado
Eu vou morrê di rezá
Mas tu, num há de cazá...
  
AUTOR DESCONHECIDO 

(Recitei isso, devidamente trajada,  quando tinha 5 ou 6 anos de idade, na festa junina da pré escola e nunca esqueci... ô memória que não lembra nem o que eu comi ontem... e lembra disso!!!! ...)

domingo, 9 de junho de 2013

MINHA NAMORADA




Cabelos tão lindos
Ela tem cheirinho de morango
Bochechas de maçãs
Cabelos cor de ouro
Olhinhos de jabuticaba
Quando ela passa
Todo mundo se engraça
Corre, corre
Pula, pula
Ela brinca
Ela ri e sorri
Passa e me olha
Meu coração transborda
Brinca de bola, pula corda
Que namorada feliz!!!

Vera Celms

domingo, 2 de junho de 2013

CHOVE LÁ FORA





Domingo de chuva e gelado
A piscina, o parque, já gorado
Vídeo game é brinquedo recente
Recortar papel, jogo de cartela, era antigamente
O importante é inventar
Tudo pra poder brincar...
Hoje é tão fácil se divertir...
Amigos virtuais, jogos por computador,
Tudo pra um domingo feliz
E quando chegar a noite,
Jantar, conversar e dormir,
Enfim, em todo lugar tem criança
Em todo lugar esperança
Todo lugar é legal se for pra brincar...
Vamos inventar...

Vera Celms