domingo, 28 de outubro de 2012

COMO SÃO FEITOS OS CORAÇÕES?





Ontem aprendi a desenhar corações
Fiz uma bolinha no papel
Prendi num ponto
O daqui com o dali no mesmo lugar
Aí,  puxei o daqui que esticou
Que encolheu o de lá
Aí, de um lado compridinho
Do outro cortadinho
Bem do jeito que lembro
De quando ainda mamava 
no colo, do coração de mamãe
Em cima acolchoadinho
Em baixo puxadinho
Deu até soninho!!!

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho COMO SÃO FEITOS OS CORAÇÕES? de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

domingo, 21 de outubro de 2012

A NOITINHA




Lua cheia pendurada,
No quintal o vira-latas,
Ali no muro a miação
Late um aqui,
Mia o outro dacolá,
E o loro a imitar,
Pipoca no final do dia
Banho de mangueira na laje
Pipa no alto a debicar,
O sol, faz tempo, foi se deitar
E só no amanhecer ele vai acordar
Logo vou deitar também
Dormindo até cresço, é gostoso e só faz bem!

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho A NOITINHA de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

sábado, 20 de outubro de 2012

PODEROSA FANTASIA INFANTIL (PFI)




Tudo é possível,
Tudo está ao nosso alcance,
Tudo está no ar...
Nascer é um desafio,
apesar de todos os inimigos naturais
Subir nos rochedos,
Planar, ganhar mundo
Enfrentar dragões, com armas [super] poderosas
montados em cavalos alados
ou motorizados,
Princesas e povos em apuros
Todos os esforços, e sob a capa:
Invisível!!!
Flautas mágicas, Oboés, Clarins
No tapete voador, as fadas confabulam
Tramam um truque traumático
Distrair o caçador e roubar-lhe o rifle
Substituir a munição por pó de estrelas
A cada tiro um mundo novo; fantasia...
Não haverão mais planos mortais
Nem armas letais
A lei pacificará
Será o fim da corrupção e dos corruptos
Suas asas serão extirpadas
O vôo [se houver] monitorado com limite fixado
Onde os encontrar?
É só saber onde procurar...
Pela água ou pelo ar
Nos iremos chegar
PFI - Poderosa fantasia infantil
Combatendo todo o mal...
Confinando o inimigo
Para além do infinito
Onde não mais poderão a humanidade alcançar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho PODEROSA FANTASIA INFANTIL (PFI) de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

VOVÓ LILLI




Um gato preto chamado Night
Um cãozinho branco, Chantilly
Um periquito terra; chamei-o Quito
Uma tartaruga pequenina; chamava-a Quinha
Quantos outros animais tivesse,
Mais nomes criaria
Bichos não chamamos Isabel, Frederico ou João
Chamamos com nomes de bichos,
Dindim, Moleque, Laika,
Menina, Cisco, Buby
Tive todos, um de cada um,
Nasci menina, fiquei Menina,
Minha mãe nasceu menina, chamaram Lilli...
É, não dá pra obedecer as regras sempre...
Afinal nome é nome,
Diferentes daqui ou dacolá,
Não precisam se justificar.

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho VOVÓ LILLI de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

CUIDADO COM O GALO



Saber não sabia
Mas então, fui procurar...
Escutei o galo cantar
E como não sabia onde,
Achei melhor averiguar...
Vasculhei,
Botei os ouvidos pra funcionar
Prestei muita atenção
Do cantar do galo, a direção
E fui... andei, andei, andei...
Até que enfim, encontrei
Certeza não tinha não
E pra não entrar na contramão
Fui assoviando pelo caminho
E então, assoviaram de volta,
Assoviei de novo
E de novo escutei
Fui então seguindo o som
E assoviando em musiquinha
E pra minha surpresa, bem na casa da vizinha
Assoviei e escutei de novo
Não era galo, era o Loro...

Vera Celms

Licença Creative Commons
O trabalho CUIDADO COM O GALO de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.